CRM-ES: 9827
Cirurgião Geral - Terapia Nutrológica

Notícias

Batata Doce, Frango e Tapioca

Matéria de sábado (22 de novembro) do jornal ESTV 1ª edição (Tv Gazeta), no qual expliquei sobre o aumento do consumo de alimentos considerados “da moda” - batata-doce, tapioca e frango.

✅✅BATATA-DOCE =
➡️Baixo índice glicêmico = auxiliando no emagrecimento e evitando picos de glicemia/liberação insulínica, fornecendo saciedade prolongada e regulação do diabetes mellitus. 
➡️Carboidrato complexo = excelente fonte de energia para os atletas, pois demora mais tempo para ser digerida. 100 g contém 86 calorias. Cozinhar e consumir em torno de 1h antes do treino/exercício físico, devido ao fato de ser um carboidrato complexo (“lentamente digerido”).
➡️Fonte nutritiva = comparada aos outros tubérculos contém altos níveis de retinol (vitamina A), vitamina B1, vitamina C (combate aos radicais livres) e cálcio. Agora, comparada especificamente à mandioquinha e à batata-inglesa, a batata-doce possui mais fibras, potássio, proteínas e fósforo. 
➡️Alto teor de fibras (casca) = aumentando a motilidade gastrointestinal, auxiliando no emagrecimento, na saciedade prolongada, redução do colesterol, etc.

✅✅TAPIOCA = é uma massa feita à base de farinha de polvilho e água, de origem indígena, típica da região Norte e Nordeste (“beiju”).
➡️50 g de massa de tapioca = 86 calorias e 1,6 g de proteínas.
➡️Pobre fonte de fibras.
➡️Considerada uma caloria vazia = fornece basicamente só carboidratos ao organismo. 
➡️Livre de glúten.
➡️Fonte de energias rápidas (atletas).
➡️Deve-se dar atenção ao recheio utilizado, evitando que se torne uma “bomba calórica”. Ex: tapioca com recheio de nutella.
➡️Recomendação = consumir 1x/dia (café da manhã ou jantar), devido a sua quantidade de calorias (podendo ser comparada até certos pães). O recheio utilizado deve ser o mais light possível. Ex: chia, queijo branco, peito de peru, tomate seco.

✅✅FRANGO = fonte de proteínas de alto valor biológico (possui todos os aminoácidos essenciais ➡️ anabolismo muscular). Além disso, contém baixos níveis de gorduras, colesterol e sódio.

Atualmente, vejo muitos pacientes e atletas restringindo sua alimentação à dieta contendo apenas ovos, frango, batata doce e tapioca. Como toda alimentação não balanceada e mal distribuída, isso pode acarretar prejuízos ao nosso organismo - 
➡️Dieta hiperproteica = sobrecarga renal, acidificação sanguínea (produtos do metabolismo da ureia/amônia), hiperuricosúria.
➡️Déficits nutricionais = vitamina A, C, E, selênio, zinco, cálcio.
➡️Baixos níveis de gorduras insaturadas (azeite, peixe, oleaginosas) = nesta dieta, a única fonte de gordura provém do frango (gordura saturada) àpodendo acarretar em deficiência de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K).
➡️Baixo consumo de fibras = em média, essa dieta fornece 6g de fibras/dia (sendo o recomendado 30 g/dia). Assim, é recomendado o consumo intercalado de ricas fontes de fibras (hortaliças, frutas, vegetais e cereais integrais).


Dessa forma, esta associação é altamente benéfica para atletas e amadores, principalmente aqueles que buscam hipertrofia muscular. Entretanto, antes de consumi-la, é essencial uma consulta com um nutrólogo, médico do esporte e/ou nutricionista, a fim de adequar sua dieta ao seu corpo, sua taxa metabólica basal e suas necessidades diárias. Simplificando o que foi escrito, a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte recomenda (para atletas) o consumo de 1,2 a 1,4 g de proteínas/Kg/dia, intercalados (rodízio) em diversificadas fontes proteicas – 
➡️Carnes = frango, peixe e carne vermelha sem gordura.
➡️Leite e derivados = iogurtes naturais, queijo branco.
➡️Leguminosas = feijão, grão de bico, lentilha.
➡️Oleaginosas = castanhas.


✅✅Dr. Roger Bongestab
Cirurgião & Nutrólogo
CRM-ES: 9827 — em Supermercado Carone Jardim da Penha

Voltar

Artigos

  • Água, Hidratação e Verão
  • Veja Todas

     

    Categorias Artigos

Roger Bongestab © Todos os direitos reservados roger@rogerbongestab.com.br
(27) 3299-3918
Leonardo de Medeiros Magalhães